Feeds:
Posts
Comentários

Muitos de vocês devem conhecer a Sea Shepherd Conservation Society, certo?
Bom, aqui no Brasil existe uma filial, que é independente da matriz. É o Instituto Sea Shepherd Brasil.
Para conhecer melhor cada um, só clicar nos respectivos nomes e vai direto pro site deles 🙂

Mas este post é pra falar sobre a série Whale Wars, que inclusive já comentei aqui no blog.


Recentemente acabou a 3ª temporada, que passava toda sexta feira na TV americana, e, já no sábado pela manhã, estava disponível para download em vários sites.
Não tenham dúvida que sou totalmente a favor que comprem os dvd’s da série. Eu mesmo estou tentando, através o ISSB, conseguir este material.
Porém, enquanto não consigo (ou não conseguimos, né, porque deve ter mais gente na mesma situação), vou por outro caminho.

Neste link aqui, vocês caem direto numa busca pelos episódios num site de torrent, e os mais ativos são os da 3ª temporada.
Para baixar, você deve ter algum programa que baixe por torrent, como o Bitcomet e uTorrent (para PC) ou Transmission e Vuze (para MAC).

Precisando de ajuda, mande email: projetoprea@gmail.com 🙂

Materiais reaproveitados

Papelão, garrafas PET e lona.
Esses 3 materiais (a garrafa não é um material, mas fica sendo agora) estão chamando muito minha atenção ultimamente.

Já tinha visto vários trabalhos com tais materiais, em sua maioria, reutilizados. Carteira de lona, móveis de papelão, artesanato com garrafas, etc.
Os que estão mais me chamando a atenção são os feitos com papelão, por isso decidi tentar fazer uns aqui em casa 🙂

O primeiro que tentei (estou tentando ainda) é fazer casinhas para cães. Se você buscar, vai encontrar alguns exemplos. Peguei o mais fácil e tentei fazer por aqui. Tudo bem que a maioria faz e vende, mas não entendo bem isso. Esse tipo de projeto me parece muito mais popular e de fácil acesso. Por isso acredito que os criadores do projeto não irão achar ruim se as pessoas replicarem tal ideia, com o propósito de ajudar animais que necessitam.
Eu mesmo conheço “cachorreiras” que tem mais de 30 animais em casa e não é na melhor das condições, pois falta dinheiro. Vontade sobra.

Bom, esta é a primeira tentativa de fazer a casinha.

Notaram que é miniatura, né? Fiz assim pra não perder o papelão, caso fizesse besteira, mas deu tudo certo! 😀
Usei uma caixa de papelão que uma amiga encontrou na rua.
No começo é até complicadinho de fazer, pois tem que ficar medindo bastante, mas depois fica tranquilo.

A casinha é feita de 2 partes:
(antes de cortar o papelão, eu tive que desenhar pra me situar, claro)

parte de cima (telhado)

parte de baixo (base)

nesta foto, o pedaço de papelão de cima corresponde a base, e o pedaço de baixo, ao telhado.

Eu nem fiz um tutorial ainda, porque explicar é complicado. É mais fácil (acreditem) olhando as imagens.
Foi a primeira tentativa. A próxima será uma casinha de um tamanho pra cachorro mesmo, e não essa pra hamster que acabou saindo.

Espero que sirva de estímulo para que novos projetos similares sejam desenvolvidos.
Gostaria muito de ver ideias parecidas saindo lá do curso de Design da Ufes, onde estudo.
Fica a dica. 😉

Abaixo-assinado

Link para o abaixo-assinado contra o uso e sacrifício de beagles em experimentos científicos na Universidade Estadual de Maringá.

Roda Roda Animal

A estudante Amanda Iwashita, do curso de Design de Produto do Instituto Mauá de Tecnologia, desenvolveu um brinquedo feito com madeira reflorestada e tinta atóxica.

Este trabalho  foi um dos selecionados para a Mostra de Jovens Designers.
Roda Roda Animal foi feito para crianças de até 4 anos e estimula a descoberta de novas formas, texturas (reparem que cada pecinha representa as cores/texturas/formas de um animal).

Por ser em madeira, o brinquedo já se diferencia dos demais, que são, em maioria, de plástico.
Amanda ressalta que as preocupações ambientais já deixaram de ser um diferencial para se tornarem requisitos básicos de um projeto, seja qual for a área.

fonte: atitude sustentável

História dos cosméticos

Muita gente já deve ter visto o primeiro vídeo da série Story of Stuff Project (Projeto História das Coisas), História das Coisas, apresentado por Annie Leonard.

Bom, além dessa história, foram lançadas outras duas.
Neste post, indicaremos a História dos Cosméticos, segundo vídeo da série.

O vídeo ressalta a composição dos cosméticos, que em sua maioria contém ingredientes tóxicos.
Mais uma excelente fonte de informação.

I SEMINÁRIO INTERNACIONAL SOBRE FAUNA SILVESTRE

11 setembro 2010 – Auditório do Parque da Cidade – Jundiaí – SP

O evento acontecerá no Auditório do Parque da Cidade de Jundiaí e é organizado pela WSPA – Sociedade Mundial de Proteção Animal, com apoio oficial da Prefeitura de Jundiaí, Tetra Pak©, DAE e Mata Ciliar.

Inscreva-se até o dia 06/09/2010 e a taxa de inscrição será de R$ 50,00.

Programação:

Clique aqui e veja a programação do Seminário

Taxa de Inscrição: **
Até 06/09/2010 – R$ 50,00
Após esta data – R$ 80,00

** Depositar o valor diretamente no caixa (identificado com seu CPF) no Banco Bradesco, conta corrente 48957-3 agência 0583, em nome de Sociedade Mundial de Proteção Animal (Depósitos em caixa eletrônico não poderão ser aceitos)

Informações:
wspabrasil@wspabr.org
Tel: (21) 3820-8200  Larissa ou Anna Paula

Parte da renda será revertida para a ONG Projeto Mucky – Protegendo Primatas Brasileiros (www.projetomucky.com.br)

SAC empresas aéreas

Aproveitando a oportunidade que o Fábio teve em apresentar o veganismo em tv aberta, no programa SBT Repórter, deixo aqui uma ideia legal (não só) pra quem viaja de avião.

As empresas áreas, como alguns sabem, não oferem lanches veganos. Vez ou outra a GOL oferece, durante o voo, uma bolacha sabor ervas finas, mas não sei se contém ou não leite ou ovo, ou então amendoim (ponto pro amendoim), e outras vezes é um cookie (com leite e ovos).
Já a TAM, até onde lembro, quase sempre oferece um lanche (pão com recheio) e é de presunto.
Nas outras empresas aéreas não tive a oportunidade de viajar, mas vou tentar me informar.


(flickr.com/photos/aiqfome)
Bom, a ideia é: entrar em contato com o SAC das empresas e dar a sugestão de incluírem no menu os lanches veganos.
Existem muitos produtos que não contém nenhum derivado animal, e a quantidade de pessoas que escolhem essa dieta (vamos restringrir só à dieta) é enorme.

TAM – Fale com o presidente: 0800 123 200
GOL – SAC: 0800 704 0465 ou Fale conosco (mensagem)
Azul – SAC: 0800 884 4040, por formuláriopor chat
Webjet – SAC: 0800 723 1234, por chat
Avianca – SAC: 0800 286 6543, por email – sac@oceanair.com.br
Trip – SAC: 0800 722 8747, por formulário

Bom, quem souber de algo a respeito, por favor conte! Irei atualizar o post com resultados.