Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Outros’ Category

Não é de hoje que o consumo dos recursos naturais ultrapassa as capacidades da Terra, sendo os países ditos desenvolvidos os principais responsáveis por tal consumo, o que os leva, por pressões públicas e governamentais, a partilhar valores e conhecimentos por meio das dimensões social e ambiental com os demais países, a fim de diminuir problemas como desigualdade de acesso à cultura, emprego, exclusão social, devastações florestais, etc.

A sustentabilidade é onde queremos chegar, e, para tal, devemos seguir caminhos e fazer escolhas coerentes com tal conceito.

Entre as ações necessárias para alcançarmos este fim, está a modificação do conceito de (produção em) design, em prol de um desenvolvimento sustentável, o que influencia na mudança cultural de uma sociedade, criando valores e modificando os já existentes a respeito da atual sociedade de consumo para uma sociedade de uso, como explica Kazazian.

Como designers, temos a capacidade de influenciar na cultura de um povo, de criar valores, estimular hábitos e desenvolver cenários. Todas essas capacidades podem ser efetivadas se o processo de concepção tradicional for substituído por outro: ecoconcepção.

Tal método se faz necessário uma vez que cada produto é um “poluidor nômade”, pois cada etapa do seu ciclo de vida produz impactos sobre o meio ambiente.

Para evitar tal adjetivo, podemos observar e nos basear na natureza para absorver os princípios para tal concepção (ciência conhecida por Biomimética). Dentro deste processo, está incluso a ACV – Análise do Ciclo de Vida – que tem por objetivo avaliar os impactos ao longo da existência de determinado produto, passando por todas as fases – extração de matérias primas, produção, distribuição, utilização e descarte.

Esta análise busca identificar pontos em que há possibilidade de melhorias, levando a uma melhor utilização e conservação do produto, aumento na qualidade de vida dos usuários, mais eficiência no aproveitamento dos recursos naturais, estabelecimento de zonas industriais, etc.

Em paralelo, devemos nos esforçar para transformar a atual sociedade de consumo em uma sociedade de uso, em que a posse dos produtos é complementada ou substituída por ofertas de serviços. A necessidade dessa mudança surge quando constatamos que a capacidade de produção e manutenção de matérias e recursos pela natureza está abaixo da capacidade de absorção de resíduos gerados.

Oferecer serviços além de produtos faz com que a empresa diversifique seu mercado e atividades, e, conseqüentemente, sua relação com os clientes. Essa nova relação, mais íntima e confiável, se torna cada vez mais rentável para os três lados: a empresa cria vínculos mais difíceis de serem rompidos com o cliente, gastam menos com publicidade e marketing, tem maiores chances de acertar a vontade e gosto do público; os clientes se sentem mais seguros e melhor atendidos; e o meio ambiente é poupado da extração de mais recursos e matérias primas.

Por muitos motivos a desmaterialização se faz necessária, e o design é um meio que possibilita tal processo, seja escolhendo a matéria prima (e sua origem), os processos e tecnologias de produção, as interações e possibilidades em cada produto/serviço, preferindo sempre o optimum* ao máximo.

Texto elaborado a partir da leitura do livro Haverá a Idade das Coisas Leves, de Thierry Kazazian.
*optimum:  o mais favorável, o justo necessário

Anúncios

Read Full Post »

Imagem do dia

Read Full Post »

Desabafo

Em 10 de abril de 2008 eu criei este blog, mas a idéia do PREA é de uns dias antes.
Quando fiz o logotipo, eu imaginei a preazinha pulando, dançando, correndo, muitas poses, interagindo com outros animais.
1 ano e 4 meses depois a Walt Disney me faz isso:


E este é o logotipo do projeto:
logotipo prea reduzido

Eu não falo que foi plágio porque este porquinho da índia não é único, mas que é igual ao Darwin, é. (será que a Disney visita o blog?) Brincadeirinha ehehehehe!

Hoje eu vi dublado no cinema. Ainda tenho que ver no cinema 3D e legendado. E quando sair o DVD tenho que comprar pra ver o making of e tudo mais! 😀 É muito real! Animação perfeita. Melhor que Ratatouille, Harry Potter, Transformers!
É a realização dum sonho! Obrigado produtores, animadores, desenhistas, designers, e todos vocês!

(este post foi apenas mais um momento de alegria e animação pelo projeto 🙂 Obrigado a todos que vem colaborando, seguindo, visitando!)

Read Full Post »

Já viu este vídeo?

Ilha das Flores é um filme de curta-metragem brasileiro, do gênero documentário, escrito e dirigido pelo cineasta Jorge Furtado em 1989, com produção da Casa de Cinema de Porto Alegre.

De acordo com a Wikipedia, “o curta mostra como a economia gera relações desiguais entre os seres humanos. O próprio diretor já afirmou em entrevista que o texto do filme é inspirado em suas leituras de Kurt Vonnegut (“Almoço de Campeões”/ “Breakfast of Champions”) e nos filmes de Alain Resnais (“Meu Tio da América”/ “Mon Oncle d’Amérique”), entre outros.

O filme já foi acusado de “materialista” por ter, em uma de suas cartelas iniciais, a inscrição “Deus não existe”. No entanto, o crítico Jean-Claude Bernardet (em “O Cinema no século”, org. Ismail Xavier, Imago Editora, 1996) definiu Ilha das Flores como “um filme religioso” e a CNBB (Confederação Nacional dos Bispos do Brasil) concedeu ao filme o Prêmio Margarida de Prata, como o “melhor filme brasileiro do ano” em 1990. Em 1995, Ilha das Flores foi eleito pela crítica européia como um dos 100 mais importantes curtas-metragens do século.

O curta está listado entre os 1001 filmes para se ver antes de morrer do livro 1001 Filmes para Ver Antes de Morrer.

Melhor Curta – Festival de Gramado 1989
Melhor Roteiro – Festival de Gramado 1989
Melhor Montagem – Festival de Gramado 1989
Prêmio da Crítica – Festival de Gramado 1989
Prêmio Urso de Prata – Festival de Berlim 1990
Prêmio de Crítica – Festival de Clermont-Ferrand (França) 1991
Prêmio de Público – Festival de Clermont-Ferrand (França) 1991

Read Full Post »

Calma gente! Foi só um paralelo.
O projeto/blog não terminou nem foi abandonado não.
É que esse último mês foi MUITO corrido :O
2 eventos de Design + vestibular fez a gente sumir, e não gostamos disso, ok?
Prometemos voltar assim que tudo se ajeitar.
Enquanto isso, mandem e-mails pra gente e fussem o blog todo 😉

Read Full Post »

Como ontem foi o Dia Nacional do Design/Designer, vou deixar aqui umas dicas, mesmo que em cima da hora, para a galera que estuda, curte ou se interessa por essa profissão que, AINDA, é muito pouco reconhecida.

Mostra “Eu não sou + de plástico”



Será inaugurada nesta segunda-feira, 3 de novembro, a mostra “Eu não sou + de plástico, sou sustentável e gero renda” no MCB (Museu da Casa Brasileira). A mostra apresenta sacolas de compra duráveis criadas por designers em parceria com comunidades carentes e grupos da periferia da cidade de São Paulo. O evento marca a abertura da semana “KM.M.MM: Viver design em São Paulo”. A exposição estará aberta à visitação até 7 de novembro das 10h00 às 18h00. O custo do ingresso é R$ 4,00, R$ 2,00 para estudantes e gratuito aos domingos. O MCB fica na Avenida Faria Lima, 2705 (Jardim Paulistano), São Paulo. O agendamento de visitas monitoradas pode ser feito pelo telefone (11) 3032-2564 ou pelo email agendamentomcb@terra.com.br.
Mais informações pelo telefone (11) 3032-3727 ou no site do MCB: www.mcb.sp.gov.br

————————————————————————————–

Curso de Pedro Pereira de Souza sobre design e natureza


O professor da Esdi Pedro Luiz Pereira de Souza (form. Esdi 1971) ministrará em Recife o curso “Design moderno: a Natureza”. Refletindo sobre os fundamentos filosóficos, técnicos e científicos do design
moderno e suas conseqüências no trato de questões como a crise do progresso e suas relações com a natureza, o curso discutirá temas como ciência e design, cultura material e imaterial e as perspectivas para o design numa indústria baseada na nanobiotecnologia. As inscrições podem ser feitas até o dia 10 de novembro e os interessados devem escrever carta de intenção e anexar um currículo resumido. O curso é gratuito. As aulas começam no dia 17 de novembro e vão até o dia 20, das 19h00 às 22h00, na Escola Oi Kabum!, que fica na Rua do Bom Jesus, 147 (Recife Antigo), Recife. Mais informações e inscrições pelo site: www.centrodesignrecife.org

Read Full Post »

É isso aí galera!
Como vocês sabem, adesivinho novo significa viagem \o/
Estou indo hoje para Pirenópolis/GO, para o 4º RDesign CO/MG, que vai de 30/10 até 2/11.
O PREA não está oficialmente no evento. Estou indo como monitor, mas como é difícil separar, o PREA vai juntinho 🙂
A Stella também vai, então provavelmente o blog ficará ‘pausado’ durante esses dias.
Mas isso não significa que não tenha nada pra fazer aqui! Duvido que você já tenha visto o blog todo 😛

Pra saber sobre a cidade, só clicar aqui.

Até a volta, galera!
Volto com fotos e novidades para o blog 😉

Read Full Post »

Older Posts »