Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Má conduta’ Category

A Nestlé, além de fazer testes em animais, está comprando óleo de palma de empresas que estão financiando e destruindo as florestas tropicais na Indonésia e, assim, acabando com a população nativa de orango-tangos.
O Greenpeace, sabendo disso, tratou de criar um vídeo sobre:

Ajude a proteger as florestas, os orango-tangos e demais espécies e eco-sistemas, enviando emails para a Nestlé mostrando a sua indignação e repúdio. Se possível não compre os produtos que tem como ingrediente o óleo.

Read Full Post »

A imagem é forte, que me desculpem os mais fracos.

Mas em qualquer pesquisa no Google a respeito da China, vocês irão encontrar fotos e videos muito piores.

O fato é que a China esta em foco. Estão todos maravilhados com que o país tem mostrado durante as Olimpíadas, mas muito poucos sabem o que se passa por la quando não se trata de momento festivo.

Lógico, não existe só o problema da violência animal. Mas gostaria de focar nele, já que foi proibida a venda da carne de cachorro durante as Olimpíadas, então, provavelmente o mundo não saberá sobre isso, e creio eu, que muito menos poderão divulgar estas coisas sobre o país.

Na China, cães e gatos — como também vacas, galinhas e coelhos — são jogados vivos nos recintos dos leões e tigres em jardins zoológicos e servidos como alimento. Funcionários do zoológico incentivam os convidados a comprarem animais para oferecerem aos predadores. Este espetáculo macabro é visto por turistas que se divertem com as cenas de horror, devidamente acomodados em ônibus próprio para este “entretenimento”.


Eles possuem o maior mercado de peles do mundo. Existem alguns videos circulando pela intenet e youtube com cenas extremamente fortes sobre isso, que não julgo adequado colocar aqui.

O ex-Beatle Paul McCartney pediu um boicote à compra de produtos chineses depois de ter visto um vídeo que mostra gatos e cachorros sendo submetidos a maus-tratos terríveis para extrair a pele dos animais.

McCartney prometeu nunca se apresentar na China depois de ter visto as imagens, gravadas secretamente em um mercado de peles na cidade de Cantão, no sul da China. O ex-Beatle também pediu um boicote à Olimpíada de Pequim.

Um representante do governo chinês disse que um boicote não seria justificado e culpou consumidores dos Estados Unidos e Europa por comprar as peles.

Pedimos a todos que fiquem de olho na semana tematica, se informem e divulguem as barbaridades cometidas a estes animais. Precisamos de uma postura ética e conscientização de todos, para que um dia isso tenha fim.

Enquanto isso estamos em luto, pelas milhares de mortes e maus tratos sem fim que acontecem lá e em todo mundo.

A China é apenas um reflexo da mente doentia do ser humano.

Read Full Post »

O PEA (Projeto Esperança Animal) está promovendo um manifesto para mostrar o desapontamento de todos para com O CRMV-SP (Conselho Regional de Medicina Veterinária de São Paulo).
Representado por Francisco Cavalcanti de Almeida, que está propondo a volta do matança de animais sadios pelas carrocinhas (CCZs).

O estado de São Paulo deu um avanço na valorização da vida e agora o Dr. Francisco quer voltar atrás. Sinceramente, não estamos entendendo, doutor.

Queremos Veterinários que nos auxiliem, que valorizem a vida, que façam da profissão uma causa. Não estamos interessados em profissionais que incentivem a morte, que acham esta atitude válida. Como está no PEA, não queremos ‘doutores da morte’.

Para participar do manifesto, basta clicar na foto acima ou no link do PEA aqui do lado >>> , preencher com seu nome, cidade, estado e email e depois ENVIAR. Um email será enviado ao Dr. Francisco demonstrando a sua indignação.

—————————————————————————

[PREA no orkut, campanha do Greenpeace a favor dos oceanos]

Read Full Post »

O novo presidente do Ibama, Roberto Messias (olha o nome), já chegou fazendo besteira: Angra 3 ganhou licença prévia e obras já podem ser iniciadas, porém com 60 condicionantes. Uma quantidade enorme, mas que não compensa a construção da usina. Detalhe que Carlos Minc (ministro do Meio Ambiente) é contra energia nuclear, mas não fez nada.
O que mais me deixa indignado é que com os recursos para a construção da usina, cerca de R$8 bilhões, poderia ser construído um parque eólico com o dobro da potência em um terço do tempo, gerando 32 vezes mais emprego.

Ativistas do Greenpeace já fizeram um manifesto em frente ao Ministério do Meio Ambiente, em Brasília.


E outro no Rio de Janeiro:

Quem quiser protestar, pode mandar um torpedinho pro Messias. Clicando aqui neste link, você tem o número e outras informações da campanha, mas não achei o email que eles falaram que também tem. Se alguém achar, avisa pra gente 🙂

Read Full Post »

Os anos vão passando e a crueldade com os animais vão piorando. Realmente não entendemos que tipo de evolução é essa que tanto falam.

Bom, vamos aos fatos:
1. China
A China, como muitos sabem, não é um dos países mais generosos com os animais. Crueldades SEM LIMITES acontecem por lá todo dia. O mercado de pele de lá é uma das atividades mais imbecis que existem no mundo.
O PETA (People for the Ethical Treatment of Animals, “Pessoas pelo tratamento ético dos animais”, em português), criou uma campanha para mostrar o que acontece nas fazendas de pele da China. É forte, mas acreditamos que todos precisam saber o que acontece neste país que por muitos é elogiado e admirado. Já que eles resolveram se expor nas Olimpíadas, vamos aproveitar e mostrar o que acontece por trás dela.
Eu digo que a China cavou a própria cova, e isso me faz feliz.
Clicando na imagem abaixo você terá alguns poucos exemplos. Para ver outros, só clicar aqui.

2.CRMV-SP
O CRMV-SP (Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo), na figura do seu presidente, Sr. Francisco Cavalcanti de Almeida, tenta derrubar a Lei 12.916 e retomar a execução de cães e gatos nas carrocinhas do Estado de São Paulo.
Por motivos ainda desconhecidos e argumentos confusos, o CRMV protocolou ação no judiciário, com pedido de liminar, para que a Lei 12.916, de autoria do Deputado Feliciano Filho-PV, fosse suspensa.
Com isso, esperava-se retomar, imediatamente, a execução de animais sadios em todo o Estado.
A primeira rodada revelou-se a favor da Lei, pois o Exmo. Dr. Desembargador NEGOU o pedido de liminar, e a ação prossegue em julgamento.
O PEA (Projeto Esperança Animal) elaborou um manifesto virtual direcionado ao Presidente do CRMV que também será, posteriormente, enviado ao Exmo. Desembargador que julga a ação.


Pedimos que você participe desse manifesto através do site do PEA e divulgue para o maior número de pessoas que conseguir. Precisamos colaborar para que a Lei seja mantida.
A intenção é reafirmar ao presidente do CRMV a impopularidade da ação, e demonstrar ao Exmo. Dr. Desembargador que a decisão de negar a liminar está em conformidade com os anseios da sociedade.
fonte: www.pea.org.br

3. Revista Época.
O site da Revista Época lançou uma enquete um tanto quanto forçada a respeito do uso de animais em testes (cobaias).
Para ir na enquete e votar NÃO, clique aqui. Para saber o que acontece, clique aqui.

Read Full Post »

Acho que tá na moda fazer atrocidades e chamar de outra coisa, tipo ciência. Agora é Festival.
Quem for aí da região ou puder comparecer e protestar em frente, será muito válido!
Nós do PREA já enviamos nosso email de protesto e desprezo a este evento. Faça sua parte:
O fone do Le Vin Bistro Jardins é (11) 3081-3924. É possível enviar mensagens pela página http://www.levin.com.br/levin/contato/

Read Full Post »

(matéria enviada por Caio Simão. Valeu garoto 😉 )

Não é de hoje que sabemos da reputação do Japão no quesito caça às baleias.
Apesar da moratória à caça comercial vigorar desde 1986, o Japão possui uma cota de captura científica na Antártida que atinge cerca de mil baleias por ano. Tsuyoshi Iwata, diretor-assistente da Divisão Oceânica da Agência de Pesca do Japão, usa vários argumentos para justificar a intenção do país de voltar a caçar comercialmente. Diz que é preciso matar animais “para pesquisa”.

Isso de falar em pesquisa não cola mais: 5.000 toneladas de carne de baleia são vendidas ao ano no país.
“Nós temos tradição de comer carne de baleia. E, no futuro, esse uso deve ficar ainda mais importante em razão da crise mundial de alimentos”
Ah claro. Como se as baleias tivessem culpa na crise de alimentos. Daí em vez do Japão ajudar para evitar/diminuir esta crise (afinal, eles também são muito culpados), eles vão é matar as baleias e tudo será resolvido, certo? Menos, senhor Iwata. Menos.

Iwata ainda fiz que “é preciso matar as baleias para ver o que tem dentro, e saber idade e tamanho.” Sara Holden, coordenadora internacional da campanha de Baleias do Greenpeace, ironiza esse tipo de afirmação. “O conteúdo do estômago é o mesmo de muitos anos atrás. E é possível saber aproximadamente idade e tamanho sem matar.”
Boa Sara!

Iwata, porém, afirma que, quanto mais baleias forem mortas, mais estatística haverá para provar que é viável voltar a caçar de maneira comercial.
A partir de amanhã, Sr. Iawata, vamos soltar alguns serial killers. Mais estatística haverá para provar que eles realmente são violentos e precisam ser presos.

Mesmo assumindo considerar o abate de baleias natural, os japoneses ainda parecem sentir certo constrangimento com a ação. Leandra Gonçalves, do Greenpeace, seguiu navios na Antártida entre o final de 2007 e início deste ano. “Decidiram não caçar na nossa frente. Perseguimos a frota por duas semanas e impedimos a caça de mais de cem baleias.”
Ótimo notícia. Só acho estranho uma coisa, Sra. Leandra.
O Instituto Sea Shepherd Brasil, que luta há mais de 30 anos para a preservação da vida marinha, e que tem como fundador Paul Watson, também fundador do Greenpeace, recentemente pediu apoio ao GP para lutar contra a pesca de baleias no Santuário Ártico. E o que foi que vocês falaram? Nada.

Bom, enquanto isso, na Dinamarca, país superdesenvolvido, acontece todo ano um festival de massacre de baleias. As crianças também participam, afinal, todos tem que se divertir, né?!
Eu fico tentando entender o que eles pensam. Juro que não consigo.
Vou continuar fazendo minha parte, que eu sei que um dia a gente muda isso.


Na Dinamarca.

No Japão.

Baleia Minke, viva, se divertindo, nadando. Viva.

Baleia Jubarte, viva, dando um salto numa manhã.

Ativistas na Austrália, contra a matança das baleias.

Read Full Post »

Older Posts »